Polícia |25/02/2019 - 08:28 - Paulo Afonso - BA

Jovem encomendou morte de ex-namorado por R$ 400

Depois de quase dois meses de investigação, a Polícia Civil concluiu que Daniella Martins, de 24 anos, encomendou a morte do ex-namorado, o personal trainer Leison Rocha, por R$ 400. Segundo informações divulgadas pela irmã dele, a motivação foi o fim do relacionamento. A mandante ainda se aproximou da família depois do crime, fingindo sofrimento.

 

Um sócio de Leison estava com ele na emboscada e também acabou executado, mesmo não sendo alvo. Os dois foram assassinados no Assentamento 26 de Setembro, em Vicente Pires, no dia 12 de dezembro de 2018.

 

Daniella foi presa em 20 de fevereiro último, depois de três homens terem sido detidos há um mês e apontados como os executores do duplo homicídio. De acordo com o delegado Rafael Sampaio, titular da 38ª Delegacia de Polícia (Vicente Pires), a jovem confessou ter contratado os homens para baterem em Leison. No entanto, o trio confirmou que ela pediu para matar o ex-namorado.

 

Degolados
Segundo a polícia, o grupo simulou que compraria vários pares de tênis vendidos por Leison e pediu para que ele fosse até a casa de um dos criminosos. Lá, o personal e o sócio – que não teve o nome divulgado pela polícia – foram amarrados e levados até a zona rural da cidade no bagageiro do carro.

 

Os executores degolaram as vítimas e fugiram, levando dinheiro, objetos de valor e vários pares de tênis. Depois da apreensão da faca utilizada por eles e a prisão dos quatro envolvidos, a polícia considera a investigação finalizada.

 

A irmã de Leison, Luciane Rocha, contou nas redes sociais que a suspeita foi ao enterro e trocou mensagens sobre a morte. “Veio na minha casa, abraçou a minha mãe, chorou nos pés do meu irmão no dia do velório. Me mandou diversas mensagens, querendo saber se as investigações estavam se encaminhando”, relatou.

 

Ainda de acordo com a irmã da vítima, Daniella tentou reatar o namoro várias vezes, sem sucesso. Essa teria sido a motivação para o crime.

 

“Leison pagou a faculdade, pagou viagens, pagava cartão de crédito dessa criminosa. Fazia tudo que podia e o que não podia. Deixou de falar com muita gente por conta do ciúme doentio dela, tentava afastá-lo da própria filha”, descreveu Luciane.

 

 

 



pa4


Notícias Anteriores --> Polícia

Curta Nossa Página!!

Frase da Semana

pauloafonso.com

Paulo Afonso - BA
O pauloafonso.com informa que não tem vínculo político nem partidarista, bem como é imparcial na veiculação das matérias, banners publicitários e notícias publicadas.

Copyright @pauloafonso.com. Todos os direitos reservados.
Avenida Getúlio Vargas, S/N, Centro, Paulo Afonso - BA, CEP 48601-000