Colunistas |24/04/2013 - 15:24 - Paulo Afonso - BA

Homem Não Chora.....

Crédito: Divulgação

E me deram, quando criança, a maior das provações: “HOMEM NÃO CHORA”. Como eu queria sair da posição de menino e entrar na fase aparentemente fascinante que chamavam de VIDA DE GENTE GRANDE, comecei a treinar o não-choro com a intenção de ganhar o título de homenzinho, que era a patente intermediária entre menino e HOMÃO (ou HOMENZÃO, e ainda HOMENZARRÃO, este último, na minha fantasia, era um gigante bíblico da tribo de Golias que nunca derramou uma gota de água pelos olhos).

 

Pra me tornar homenzinho, precisava sentir coisas ruins sem derramar uma lágrima, sofrer sem botar cara de choro. E, acreditem, eu forçava a natureza pra não esboçar nenhum sinal líquido de sofrimento. Quando batia a canela em qualquer lugar doía como a gota e a lágrima descia desobediente pelo canto do olho. Mas só escorria uma, eu estava atento pra impedir que as outras viessem.

 

Se tivesse que enfrentar morcego na casa do meu avô, que parecia ponto de encontro desses bichos, não tinha jeito, o esforço já era: eu chorava de medo, tenho pavor de morcego, desde pequeno.

 

Só me restava correr pra bem longe. Assim ninguém via que eu tinha fracassado e deixado desabar um lago pelo meu rosto de menino. Depois de muito tempo, com exercícios continuados, virei um homenzinho. Aprendi a não chorar. Desaprendi a chorar com a água da angústia escorrendo pelo rosto.

 

É triste desaprender coisas assim. No entanto ainda choro. Choro pra dentro. A lágrima segue o caminho contrário. Quando entra, endurece minhas engrenagens, quando sai, e sou agraciado com duas ou mais gotas, lubrifico a alma. Nestes dias abençoados, me sinto mais homem e mais aliviado também.




GQ (Gecildo Queiroz).../...


Notícias Anteriores --> Colunistas

Curta Nossa Página!!

Frase da Semana

pauloafonso.com

Paulo Afonso - BA
O pauloafonso.com informa que não tem vínculo político nem partidarista, bem como é imparcial na veiculação das matérias, banners publicitários e notícias publicadas.

Copyright @pauloafonso.com 2016. Todos os direitos reservados.
Rua Monsenhor Silveira 270, Bairro São José Aracaju-SE, CEP 49015-030